FIQUE POR DENTRO DO NOSSO CONTEÚDO, CADASTRE-SE:

Contraceptivo, sim!

30 de outubro de 2018

O uso da pílula anticoncepcional pode ser a solução para diversos problemas hormonais femininos

Algumas mulheres torcem o nariz só de ouvir falar em anticoncepcional. Dizem que o remédio pode engordar ou causar certos distúrbios no organismo. É claro que esses fatores podem acontecer, caso a pílula não seja indicada por um profissional.

Além disso, muitas vezes, o anticoncepcional pode ser a solução para problemas incômodos do dia a dia. Segundo dados do Ministério da Saúde, 70% das brasileiras sofrem com cólicas, irritabilidade, acne, corpo inchado e até aumento dos pelos do corpo quando ocorre alguma alteração no ciclo menstrual. Para resolver todos (ou alguns) desses problemas, a pílula contraceptiva pode ser uma boa solução.

Adeus, TPM!

A famosa tensão pré-menstrual, que assombra muitas mulheres, é causada devido a alterações hormonais. Nestes casos, a pílula controla e equilibra esta taxa hormonal, fazendo com que a mulher se sinta menos irritada e cansada. “Além disso, alguns remédios ajudam a diminuir a retenção de líquido, o que deixa de lado aquela sensação de inchaço.”, explica Angela Maggio da Fonseca, professora associada do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

Sem hora certa

Outro problema é a falta de regularidade nos ciclos menstruais. A menstruação vem, mas o intervalo até a outra é sempre variável, o que a pega de surpresa todo mês! Isso acontece também devido ao desequilíbrio hormonal. Por isso, o contraceptivo é recomendado para regularizar a taxa de hormônios no corpo feminino.

Tudo controlado

A Síndrome do Ovário Policístico (SOP) é um distúrbio que atinge de 4% a 7% das mulheres brasileiras. É, inclusive, uma das principais causas de infertilidade. A produção hormonal é afetada e o organismo sofre um aumento na produção de testosterona.

“O distúrbio ocorre porque os ovários respondem de maneira anormal aos estímulos do cérebro para a produção de hormônios. Então, como consequência, a mulher deixa de ovular todos os meses e passa a apresentar diversas manifestações no corpo. Caso a intenção seja a melhora do ciclo menstrual e da pele, pode-se optar por tratamento de controle hormonal com uma pílula.”, finaliza Angela.

Renata Alarcon

Renata Alarcon

Publicitária, Palestrante, Escritora e Fundadora do Armário Feminino, A 1a. TV Digital para a Mulher. São mais de 10 anos dedicados a produzir conteúdo, mais de 7 milhões de visualizações por mês e mais de 2 milhões de reais investidos. Muito amor e energia aplicados em ajudar milhares de mulheres.

VÍDEOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR!