FIQUE POR DENTRO DO NOSSO CONTEÚDO, CADASTRE-SE:

Um aliado aos olhos

23 de outubro de 2018

A exposição ao sol pode diminuir as chances de as crianças desenvolverem miopia

Nada mais gostoso do que passar o final de semana ao lado da família na praia ou no parque. Além da diversão, é importante saber que deixar as crianças expostas ao sol nos horários determinados, ou seja, das 7 horas às 10 horas e após as 16 horas faz muito bem na prevenção contra a miopia, um distúrbio que impede a pessoa de visualizar de maneira perfeita imagens e objetos que estão ao longe. E isto foi apresentado por vários estudos realizados pela Universidade de Cambridge, na Inglaterra.

Redução do problema

Outra pesquisa, desta vez de profissionais chineses, comprovou que existe a possibilidade de regressão da miopia se a carga horária ao ar livre aumentar. Claro que tudo deve ser feito com moderação, cuidados especiais e ajuda profissional. “As crianças, muitas vezes, têm uma forma progressiva de miopia que piora ao longo da infância. No entanto, sua visão é facilmente corrigida com óculos. A miopia geralmente se estabiliza quando a pessoa atinge os 20 anos ou quando o processo de crescimento está concluído”, explica o oftalmologista Virgílio Centurion, diretor do Instituto de Moléstias Oculares (IMO), em São Paulo.

Encontre o problema

Existem alguns detalhes que toda mãe precisa ficar atenta logo quando a criança é bem pequenininha, para verificar se precisa de um médico oftalmologista. Esfregar os olhos sempre pode ser uma boa pista, assim como se queixar de sensibilidade à luz e tonturas. Outro ponto interessante é observar se o pequeno esbarra muito em objetos e anda com dificuldade. “A criança com problema visual não diagnosticado e não tratado poderá apresentar dificuldade de aprendizado e se sentir desestimulada para estudar”, alerta a oftalmopediatra Maria Carrari.

Correção

Os pequenos com miopia devem usar desde cedo óculos para enxergar melhor – sendo receitados apenas por médicos especializados. E hoje em dia ficou mais fácil atrair o público para o acessório, já que existem diferentes modelos com cores vibrantes e personagens interessantes. Outra opção, mas indicada somente quando a criança crescer é o uso das lentes de contato. Afinal de contas, chega uma hora em que a criança cresce e começa a se atentar mais à aparência física. Mas as lentes exigem cuidados, e devem ser dadas apenas quando ele tiver responsabilidade o suficiente para cuidar dos objetos. “Raramente recomendamos lentes de contato antes que o paciente entre na adolescência”, conta a oftalmopediatra.

Renata Alarcon

Renata Alarcon

Publicitária, Palestrante, Escritora e Fundadora do Armário Feminino, A 1a. TV Digital para a Mulher. São mais de 10 anos dedicados a produzir conteúdo, mais de 7 milhões de visualizações por mês e mais de 2 milhões de reais investidos. Muito amor e energia aplicados em ajudar milhares de mulheres.

VÍDEOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR!