FIQUE POR DENTRO DO NOSSO CONTEÚDO, CADASTRE-SE:

Autoconfiança no trabalho

21 de agosto de 2018

Pesquisa aponta algumas atitudes que podem fazer com que o profissional perca oportunidades de emprego

Quem foi que disse que ter confiança servia apenas para se dar bem na vida amorosa? A verdade é que acreditar em si e no próprio potencial é essencial para todas as áreas da vida, inclusive para se dar bem no trabalho. Uma pesquisa feita pelo Instituto Europeu de Liderança e Gestão revelou que homens são mais confiantes que as mulheres e que isso pode ser um grande diferencial na hora de escolher alguém para receber uma promoção no trabalho. De acordo com o estudo, 70% dos homens dizem ter um nível de confiança alto, enquanto apenas 50% das mulheres afirmam a mesma coisa.

Já quando o assunto é a performance dentro do trabalho, 31% dos homens apontam ter dúvidas neste quesito. Entre as mulheres, este número aumenta para 50%. Mas será que algumas atitudes que elas tomam no mercado de trabalho podem estar influenciando para números tão diferentes?

Nada em excesso

É claro que a modéstia é uma característica que deve ser valorizada, mas quando é apresentada de maneira demasiada, pode tirar o reconhecimento do trabalho. A maioria das mulheres acredita que não precisam falar do seu potencial para que as pessoas o enxerguem, fazendo com que elas não se esforcem tanto para receberem créditos pelo que fazem. Mas fica uma dica: dificilmente as pessoas irão reconhecer seus feitos se você não deixá-los a mostra.

Não se destacar

Por não terem confiança o suficiente, muitas mulheres acabam deixando de expor suas opiniões e de mostrar idéias, tudo isto por terem medo do que os outros vão pensar. Dessa maneira não existe um reconhecimento do superior, assim como uma possível promoção.

Não falar nem pedir

Receber um aumento ou subir em uma função só aparecem para aqueles que realmente se expõe o suficiente para pedir responsabilidades a mais. Quanto mais você estiver disposta a aceitar desafios, mais irá provar sua capacidade. Tirar o corpo fora de projetos por ter medo de tentar ou não ter confiança o suficiente para pedir por mais responsabilidades, é excluir novas oportunidades na vida profissional.

Fonte: Harvard Business Review
Renata Alarcon

Renata Alarcon

Publicitária, Palestrante, Escritora e Fundadora do Armário Feminino, A 1a. TV Digital para a Mulher. São mais de 10 anos dedicados a produzir conteúdo, mais de 7 milhões de visualizações por mês e mais de 2 milhões de reais investidos. Muito amor e energia aplicados em ajudar milhares de mulheres.

VÍDEOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR!