Em Breve! Canal de Vídeos
 


Cuidados para uma boa reforma

A tinta da parede descascou, o gesso caiu, o cano estourou e você precisa fazer uma reforma urgente na sua casa

Sua casa ou aquele cômodo em especial precisa de uma repaginada e você ainda não sabe nem como começar a reforma. Não tem ideia se primeiro quebra a parede ou o piso, qual cor usar na parede e se irá manter os mesmos móveis ou comprar novos. Para que a reforma não vire um verdadeiro caos e não ocorra um furo em sua conta bancária é preciso fazer um projeto arquetetônico da obra, assim como um orçamento de todos os materias que a equipe realizadora da reforma precisará. Esses gastos variam de pessoa para pessoa, já que cada um opta por materias, equipes e intensidade diferente. “Vai depender da qualidade do material, do tamanho da reforma, se vai mexer na parte estrutural ou não. Tudo isto implica em fazer algumas opções e depois definir um orçamento”, afirma Maria Dirlene Marques, mestre em Ciências Políticas e integrante da coordenação do Comitê Mineiro do Fórum Social Mundial.

Para dar início a tudo é melhor definir quais partes da casa passarão por mudanças e traçar um plano para esses locais escolhidos. Segundo Marcos Calheiros, pós-graduado em projetos industriais pela CETREDE de Fortaleza e mestre em Marketing pela Universidade de Evora, Portugal, os cômodos mais caros de reformar são a cozinha, sala de estar e jantar, portanto, trate de fazer um projeto muito bem feito, se não irá gastar muito mais no conserto dos erros de uma reforma que não foi planejada corretamente.

Os gastos previstos são muitos e vai desde aço, areia, cimento, cal, gesso, pintura, materiais elétricos, até os lustres, abajures, móveis e itens de decoração dos ambientes. Mas mesmo com todo o planejamento e os gastos já previstos, pode ter certeza que os gastos imprevistos surgirão. A tinta que faltou, o porta-retrato que você não lembrou e o sofá que rasgou.

Por último, faça a cotação dos itens que usará na reforma e compre tudo na mesma loja, assim fica mais fácil de conseguir um bom desconto no fechamento da compra.

Se você preferir fazer os reajustes em casa por um longo ou breve tempo, não esqueça que a reforma é muito estressante e, muitas vezes, a família inteira perde a privacidade por causa daquele monte de gente entrando e saindo o tempo todo.


Foto: Stock.Xchng 

 
Siga-nos no Instagram
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas