Em Breve! Canal de Vídeos
 


Do mar para sua mesa

Assado, cru, enlatado ou em forma de patê, o atum é uma ótima fonte de vitaminas para as mulheres, principalmente no combate aos efeitos da menopausa e osteoporose

Ultimamente, ao colocar algum alimento no prato, grande parte das mulheres analisa se todos os alimentos realmente irão ajudá-la a manter a saúde em dia. E pode apostar, o atum pode e deve estar em sua dieta. Encontrado em regiões tropicais e subtropicais de todos os oceanos, o peixe do corpo alongado e boca grande é um dos grupos mais importantes do ponto de vista pesqueiro, já que em 2002, de acordo com dados da FAO (Food and Agriculture Organization), das Nações Unidas, foram capturados, em todo o mundo, mais de seis milhões de toneladas de atuns e espécies próximas ao peixe.

E tudo isso pode estar associado não somente ao sabor delicioso da iguaria, mas também ao fato de ser rico em substâncias benéficas ao corpo humano. “O atum possui mais proteínas do que a carne vermelha, o que ajuda as mulheres que fazem musculação, já que durante o exercício, os músculos sofrem algumas fissuras e é essa substância que irá fazer toda a reconstrução, deixando a musculatura sarada e definida”, conta Paula Castilho, nutricionista do Sabor Integral Consultoria em Nutrição, em São Paulo.

Outro ponto interessante citado pela nutricionista é que o peixe não possui gordura saturada, diferentemente da carne vinda de mamíferos, e o consumo excessivo desta substância pode desenvolver doenças cardiovasculares. “A carne vermelha incha o organismo da mulher, o que traz uma sensação de quilos extras”, completa.

Corpo sequinho e saudável
Além disso, o peixe possui vitaminas A, D e B12, ferro, magnésio e Ômega 3. “Este último são ácidos graxos também muito interessantes para quem pratica esportes, já que auxilia na ação da insulina, que é fundamental no processo de emagrecimento e, principalmente, no equilíbrio e prevenção da diabetes”, explica Camila Attademo, nutricionista da Clínica Libert, no Rio de Janeiro.

Sem esquecer que os outros componentes do peixe atuam no organismo ao combater o colesterol, o que melhora a circulação sanguínea e auxilia no sistema imunológico, promovendo ação anti-inflamatória essencial no combate aos radicais livres, substâncias que ao serem produzidas de maneira exagerada podem causar o envelhecimento precoce, artrite e outras doenças. “Para as mulheres, o atum também tem um grande poder na prevenção de tumores na mama e cólon, e por meio da vitamina D, auxilia na osteoporose e na regulamentação dos hormônios durante a menopausa”, aponta Camila.

Melhor preparo
Com certeza é sempre importante evitar as frituras e receitas mais gordurosas. Segundo as nutricionistas, as formas assadas, cozidas ou em patês mantém as propriedades do atum intactas, aumentando os benefícios ao organismo.

Pensando nisso, Camila Attademo selecionou uma receita para lá de especial para você preparar e se deliciar:

Atum com gergelim
1 peça inteira de atum fresco (500 g)
3 col. de sopa de pimenta branca
5 col. de chá de coentro
5 col. de sopa de gergelim branco
5 col. de sopa de gergelim preto
Azeite extra-virgem moderado
Sal moderado

Molho picante:
60 ml de água
60 ml de molho de soja
1 1/2 xícara de chá de cebolinha
2 col. de sopa de gengibre ralado
1 col. de sopa de pimenta-do-reino
2 col. de sopa de açúcar
1/2 col. de chá de pimenta vermelha
2 col. de sopa de alho picado

Modo de preparo:
Atum:
Em um recipiente, misture a pimenta branca em grãos com o coentro e os gergelins branco e preto. Reserve. Tempere a peça inteira de atum salpicando um pouco de sal. Em seguida, envolva o peixe na mistura de gergelim. A peça deve ficar empanada por completo. Em uma frigideira grande, aquecida e antiaderente, jogue um fio de azeite. Leve o atum para grelhar. O segredo está justamente nessa etapa. A peça de atum deve ficar no fogo alto por cerca de um minuto de cada lado. Se ultrapassar esse tempo, o gergelim vai queimar e ficar com gosto de tostado. Além disso, a proposta é deixar o atum cozido na sua camada externa e cru por dentro.

Molho picante:
Em uma panela, adicione o saquê, a água e o molho de soja. Em seguida, coloque o gengibre ralado, a pimenta vermelha picada, o açúcar, a pimenta branca moída, o alho e a cebolinha. Deixe em fogo médio durante um minuto até levantar fervura.

Montagem:
Em um prato grande, disponha a peça grelhada de atum e corte-a em fatias de um centímetro de espessura. Ao lado, e em vasilhas menores, coloque a opção de molho.

 




Foto: Stock.Xchng; everystockphoto; Divulgação
 
Siga-nos no Instagram
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas