Máscara para cílios

Um toque da maquiagem que pode fazer toda a diferença

Ao longo da semana o único pensamento e a troca de mensagens com as amigas nas redes sociais envolvem a festa que está por vir. Já enviaram fotos do modelito, e até mesmo do penteado. A expectativa é enorme! E o grande dia chegou e tudo está pronto: roupa, sapato, acessório e maquiagem. Mesmo assim, toda mulher ainda acha que está faltando algo. Muitas vezes, pode ser a falta de uma boa máscara para cílios, que levanta o olhar e deixa todas ainda mais poderosas.

Diversas opções
Popularmente conhecida como rímel, a maquiagem pode ser encontrada na versão normal e à prova d´água. Para as mulheres que lacrimejam bastante, ou vão à praia, a máscara a segunda opção é melhor. “No caso de uma briga com o namorado também é melhor”, brinca Evelyn Barbieri, maquiadora. Isto porque, utilizar máscara a prova d’água todos os dias não danifica seus cílios, afinal, elas foram feitas para isso. E existem máscaras específicas para cada vontade: alongar, dar volume, alongar e dar volume, entre outras.

A vez do curvex
Uma dica legal é sempre aplicar o objeto antes da máscara, pois deixa os cílios super curvados e preparados para receber o produto. Os dois juntos deixam qualquer mulher poderosa, e muitas vezes nem é preciso cílios postiços! Mas atenção, o curvex vem sempre antes da máscara. Se depois que os cílios já estiverem endurecidos com o produto, você aplicar o curvex, com o tempo eles podem ir quebrando e ficando cada vez mais fracos.

Como retirar
Não tem jeito. Se a melhor opção for a máscara à prova d’água, ela precisa ser retirada todos os dias com um bom demaquilante (de preferência bifásico), pois se houver a aplicação de uma camada em cima da outra todos os dias sem retirá-las, o cílios ficarão muito duros, correndo o risco de quebrar pela raiz.

Atenção à validade!
Não adianta chorar ao ver sua máscara caríssima vencida. Este tipo de produto é daqueles que tem que usar mesmo! Segundo a ANVISA, a validade perfeita para as máscaras é de seis meses depois de abertas. E não adianta tentar “salvar” aquela máscara que já ficou super dura. Jogar água, soro, pode até parecer que funciona, mas é bom não arriscar seus lindos olhinhos.

Uma arrumadinha aqui, outra ali

Antes de enfrentar a cirurgia plástica em alguma região do rosto, é preciso tomar alguns cuidados e analisar a real importância do procedimento

Um defeitinho no rosto pode até ser corrigido pela maquiagem do dia a dia. Mas, quando este fator passa a mexer com a autoestima da mulher a cada olhada no espelho, fica difícil não pensar em cirurgia plástica – ainda mais com as facilidades de hoje em dia e a naturalidade dos resultados. Porém, é preciso pesar na balança questões como o orçamento, os perigos, a vontade, as mudanças que podem ocorrer, etc. E mesmo após tudo isto, algumas mulheres acreditam que é preciso fazer a mudança e entrar, literalmente, na faca para manter a felicidade com o corpo, principalmente a face.

Até que ponto vale a pena?
Existe uma grande diferença entre algo que incomoda, e algo que a pessoa detesta olhar toda a vez que vê uma foto. A cirurgia facial é mais delicada do que as outras, pois mexe diretamente com a imagem da mulher, afinal, o rosto é o “cartão de visita” do indivíduo. “É preciso que o cirurgião plástico explique ao paciente as limitações relacionadas às cirurgias de rejuvenescimento facial, incluindo o entendimento de que o objetivo do procedimento não é alterar drasticamente a aparência do paciente, evitando, assim a criação de um ar artificial no rosto”, explica Ruben Penteado, cirurgião plástico e diretor do Centro de Medicina Integrada, em São Paulo.

Tecnologia avançada
O mais interessante é que em muitos probleminhas, basta apenas um procedimento que não precisa de cirurgia para deixar o rosto na perfeição tão aguardada. “Existem enxertos de gordura, preenchimentos, peelings e um bom preparo da pele. E o conjunto cirurgia e procedimentos cosmetológicos têm proporcionado resultados mais completos e naturais para os pacientes insatisfeitos com a aparência da face” destaca o cirurgião. Outra ótima dica é procurar um profissional renomado, de preferência indicações de amigas que fizeram cirurgias parecidas, e pedir para ele a recomendação do melhor procedimento.

Amamentação: mais que proteção, um vínculo com seu bebê

A importância deste ato vai muito além dos benefícios que traz ao bebê e a mãe, trata-se de um processo que criará laços afetivos entre os dois

Com o nascimento de uma criança, a responsabilidade dobra. Afinal, mamãe e papai devem manter todos os cuidados para que este novo ser cresça com saúde e muito feliz. E nos primeiros meses de vida, a mãe é o principal vínculo da criança, principalmente em relação ao leite materno, que vem acompanhado de uma lista de contribuições para a proteção e desenvolvimento do bebê. Além disso, durante a amamentação a mãe supre suas necessidades emocionais e diminui sua ansiedade, assim como seu filho, formando um vínculo maior entre ambos.

O leite que a mulher produz possui nutrientes, proteínas, vitaminas e anticorpos, componentes imunológicos para a proteção do bebê. De acordo com a Sociedade de Pediatria de São Paulo, esse alimento protege a criança contra alguns tipos de câncer, doenças alérgicas, respiratórias, digestivas, crônicas, obesidade, desnutrição, meningites, sarampo, entre outros itens problemáticos. “A amamentação é importante para o bebê por vários aspectos: nutrição adequada, proteção contra infecções, modulação da resposta imune, fortalecimento do vínculo mãe-filho, contribuição para o desenvolvimento da criança e redução da mortalidade infantil”, diz Virgínia Spínola

Seu bebê mais relaxado

Mesmo com a saúde de seu bebê em ordem, a massagem pode ser um complemento para o bem estar da criança

Além de ser um momento único e saudável de aproximação entre mãe e filho, ou em algumas vezes, de pai e filho.

“A massagem é importante tanto para o bebê quanto para a mãe, pois traz um contato entre mãe e filho, reproduzindo um vínculo muito forte entre os dois, melhorando assim os objetivos da massagem”, diz Talita Parada, massagista.

A finalidade dos movimentos é relaxar, estimular a circulação, adquirir resistência no organismo, tranquilidade no sono, melhorar cólicas intestinais e estimular o desenvolvimento psíquico. A técnica mais usada para bebês é a Shantala, procedimento indiano importante para a família inteira, já que proporciona enorme interação e troca de afeto entre todos. Para a criança, o toque traz a lembrança dos movimentos de quando estava no útero, desse modo ele se sente seguro e protegido. “Ao ser tocado, o bebê percebe o quão é amado, e assim desperta a sua confiança, relaxa e acalma, além de também aliviar as cólicas e reduzir as prisões de ventre”, completa Talita.

A Shantala é realizada por um membro da família que deverá despir o bebê e sentar no chão sem contato direto com o solo, ou seja, deverá sentar em um colchão ou colchonete, com as pernas esticadas, costas eretas e ombros bem relaxados. A criança deverá ser posicionada sob a perna do massagista. Essa técnica pode ser feita todos os dias e intensificada conforme o crescimento da criança, podendo chegar a mais de meia hora por sessão.

Em relação aos óleos para aplicar durante a massagem, opte pelos naturais, que são compostos de lavanda ou calêndula.

Vamos de Pilates?

Conheça mais sobre esta técnica que tonifica os músculos, emagrece e melhora a postura e o condicionamento físico

A modalidade de exercícios que brasileiras e brasileiros tomaram gosto, surgiu com Joseph Hubertus Pilates, um alemão nascido em Mönchengladbach. Acostumado a sempre praticar esportes, em 1914, período da I Guerra Mundial, foi exilado e mandado para uma ilha inglesa, onde trabalhou em um hospital. Neste local, o alemão passou a usar molas em tratamentos médicos, que o ajudou a formular exercícios e equipamentos, alguns anos mais tarde.

Em 1923, mudou-se para Nova Iorque e abriu seu primeiro Studio de Pilates. Essa técnica chegou ao Brasil com a ajuda de Alice Denovaro, a primeira brasileira a se certificar para instruções da técnica de Pilates.

A modalidade que atrai cada vez mais mulheres tem suas vantagens. “O Pilates oferece condicionamento físico e mental, melhora a capacidade cardiovascular respiratória, alivia problemas relacionados ao stress, diminui tensão e fadiga, fortalece a musculatura abdominal, desenvolve os músculos que suportam as costas, eliminando dores crônicas e melhora a concentração e a memória”, esclarece Inelia Garcia, diretora do The Pilates Studio Brasil, graduada em Educação Física pela Universidade do Chile e certificada no Método Pilates de Condicionamento Físico pelo The Pilates Studio, em Nova Iorque.

Além desses benefícios, o Pilates também pode ajudar na postura. “Esses exercícios são indicados em casos de desvios posturais, por trabalhar o reequilíbrio muscular, de forma que sustente e estabilize a coluna, trazendo-a para o seu eixo, alongando e fortalecendo a musculatura profunda da coluna, abdômen e região lombar. Assim, alivia dores e desconfortos.”

Elas adoram
Alunas que praticam Pilates com frequência se sentem melhor e recomendam. “Creio que mais pessoas deveriam ter acesso a essa modalidade, pois traria vários benefícios”, como é o caso de Sandra Rodrigues Meneses, 51 anos.

Para quem procura emagrecer também é uma ótima opção, se acompanhado de uma dieta saudável. Tudo isso, porque esse exercício promove um melhor funcionamento dos órgãos internos e do metabolismo, favorecendo a desintoxicação e higienização do corpo, o que faz com que as gorduras sejam eliminadas.

Mas não espere por resultados já na primeira aula. “Os efeitos começam a aparecer após 15 sessões individuais de duas vezes por semana”, conta Inelia.

Pilates é um método indicado para qualquer idade (com atestado médico para a prática de exercícios), porque já possui todas as modificações e considerações para anomalias e deficiências das pessoas. É seguro e eficiente se aplicado de forma individual, respeitando a individualidade de cada um. Há restrição somente para pessoas com câncer em estágio avançado e gestantes que não praticavam atividades físicas.

Se você pratica Pilates e têm planos para aumentar a família não pare os exercícios. Essa técnica também propicia um parto menos traumático e uma recuperação rápida da estética e assoalho pélvico.

Quem não quer um AMOR?

Quem é que não quer alguém do lado pra dormir abraçadinho, dar risada junto e dividir as dúvidas, medos e inseguranças?

E quem é que não quer um amor?

Quem é que não quer alguém do lado pra dormir abraçadinho, dar risada junto e dividir as dúvidas, medos e inseguranças?

Quem não quer ter alguém que a faça sentir protegida?

Quem não quer dizer “Eu te amo!” com todo sentimento gritando no peito?

Desculpem os descrentes, mas eu quero!

Não sou forte o suficiente pra ficar pregando por aí que ficar sozinha é incrível!

Se estamos solteiras, é claro que podemos aproveitar o que essa fase tem pra nos oferecer. Mas, até quando isso realmente é legal?

Uma coisa é olhar o lado bom das coisas e ser feliz com as condições que a vida impõe. E mesmo assim, correr atrás e lutar por seus objetivos.

Mas, dizer que quer ficar solteira porque os relacionamentos dão trabalho? Sinceramente?

Relacionamentos são confusos e complicados se você não for uma pessoa que consiga ser transparente com quem ama.

Confuso se você não for sempre honesta com você e seus valores.

Confuso se você não se dispor a ter uma relação de amor, respeito e amizade.

E principalmente, se você colocar toda a expectativa de felicidade na mão dele.

Aí sim as coisas ficam confusas.

Afinal de contas, quem é responsável pela sua felicidade é você!

E lembre-se, ele não vai mudar só pra te agradar!

Se tiver que mudar alguma coisa em alguém pra ser feliz, mude em você primeiro.

Vai te fazer um bem absurdo e você vai ver como o mundo também muda ao seu redor!

AUTO ESTIMA ELEVADA SEMPREEE!!!

Espere pelo Melhor

Os homens não sabem o que querem. É o que mais escuto das mulheres.
Mas, mesmo ouvindo isso aos montes, me recuso a acreditar que não exista no mundo um homem bom, um homem sincero, um homem confiável e que queira se relacionar!
Preste atenção!
Aparecem sim homens sinceros, honestos, gentis, educados, fiéis…

Mas, a maioria das mulheres insiste em não valorizá-los, por vários motivos.

E você sabe que existem sim homens legais, mas me diga, qual a mulher que nunca deixou de lado um homem bacana porque percebeu um defeitinho?!

A verdade é que as pessoas estão cada vez mais querendo alguém perfeito, ou pelo menos, que seja perfeito aos seus moldes!

Mas, a realidade é bem diferente!

AS PESSOAS NÃO SÃO PERFEITAS, E NÃO SÃO DO JEITO QUE VOCÊ ESPERA QUE SEJAM!

Além disso, de que adianta querer um homem perfeito, se você não é perfeita?

Os homens bons estão por aí espalhados mundo afora, e prontos para começar um relacionamento sério com uma mulher bacana, que os valorize.

É sério, é verdade!

Nada de desanimar, de querer ficar sozinha ou virar freira!

Mas também, nada de ficar saindo por aí e ficar com o primeiro que aparecer.

Vamos ser sinceras?

Ninguém é mais criança e você sabe que é possível sim perceber um homem bacana, e quando o homem não é legal!
O mais dificil é admitir que não é esse (ainda).
Mas, se você quiser um homem que faça seu coração disparar, tenha paciência!
Quando você menos esperar, ele aparece lindo, bem na sua frente, cheio de defeitinhos, e você vai amá-lo mesmo assim!
Pense (e acredite mesmo) nisso!

AUTO ESTIMA ELEVADA SEMPREEE!!!

Vida nova

Superar a separação não é fácil, mas com um pouco de dedicação é possível recomeçar sem ele.

Término de relacionamento nem sempre é fácil. Bate a saudade, a vontade de chorar e até um pouco de raiva. Rola aquele anseio de encontrar o ex de novo, de fuçar nas redes sociais dele e voltar aos tempos antigos. Mas, apesar da saudade, era visível que o namoro não ia dar certo e é hora de superar e seguir em frente. Porém, esquecer um namoro ou um casamento não é tão fácil quanto parece e muitas mulheres ficam sem saber o que fazer. Algumas atitudes podem fazer com que o recomeço de uma vida nova e a volta a solteirice seja muito mais simples e rápida.

Chore o que tiver para chorar
O primeiro passo para superar uma tristeza profunda é colocá-la para fora. A melhor forma de fazer isso é chorar o quanto precisar. Ouça músicas tristes, grite, coma bastante e supere! É importante dar um tempo para que a mente se recupere do que aconteceu.

Cuidado com as recaídas
O mais difícil de chegar ao fim de um relacionamento é quando bate aquela saudade e a vontade de ligar ou mandar uma mensagem fofa. É importantíssimo controlar estes impulsos, para que, mais tarde, não role um arrependimento. Para aquelas que sabem que não vão se controlar, a dica é deletar o boy das redes sociais e da agenda de contatos. Pode ser que esta atitude seja um pouco drástica, mas continuar em contato com o ex faz com que aqueles sentimentos antigos comecem a voltar, o que pode trazer maiores sofrimentos.

Cuidando de si
Depois que um relacionamento acaba, a maioria das mulheres se sente mal e muitas vezes a autoestima vai lá pra baixo. Portanto, é importante dar um belo trato na aparência e cuidar do corpo para se sentir sempre linda. Pode parecer um conselho fútil, mas quando a mulher se olha no espelho e percebe que está bonita, parece que tudo começa a dar certo. Por isso, ouse na transformação e mude o cabelo e as roupas e dê aquela repaginada na aparência.

Retome, de vez, a vida de solteira
Coloque na cabeça que aquela situação de “namorando” não existe mais. Portanto, faça tudo o que não podia realizar quando estava com ele. Saia com as amigas, vá para aquela balada que o bofe nunca quis ir e flerte com quem sentir vontade. O importante é ter a sensação de liberdade para fazer o que quiser! Dessa forma, será impossível não pensar no lado bom de ser solteira novamente.