Alimentação compulsiva

Se o seu filho anda comendo demais, fique atenta, pois pode ser ansiedade

Quando bebê, ainda é possível manter um controle rígido com a alimentação. Depois de crescer um pouquinho, o que mais acontece é a mãe negando frituras, refrigerantes e besteirinhas não nutritivas. Mas, quando chega a puberdade e o pequeno já está grandinho, o costume da rigidez na alimentação é deixado de lado, afinal de contas, esperamos sempre que os filhos saibam o que é bom e o que é ruim, e muitas vezes, foge ao controle algumas partes da dieta, principalmente na escola – onde as cantinas vendem todo tipo de gordura e doces possíveis.

Mas, a alimentação, principalmente a compulsiva pode ser sintoma de alguma outra coisa que incomoda o seu filho. “A ansiedade pode ser o problema. Ela é a origem de toda compulsão e, quando este sentimento não é trabalhado corretamente, pode acarretar diversas doenças, entre elas a obesidade. Os pais precisam dar suporte para que o filho consiga lidar com esta situação incômoda e com alguns mecanismos de defesas inconscientes ou conceitos distorcidos que podem levar a engordar, sem que se dê conta do motivo”, explica Ana Beatriz Cintra, psicóloga.  Por isso, antes de tentar mudar a alimentação de seu filho, verifique o que pode estar acontecendo em seu emocional, pois uma boa orientação pode resolver todos os problemas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *